Meio Ambiente

Contamos com a tecnologia de incineração de resíduos hospitalares e urbanos, onde podemos gerar energia elétrica, este serviço é viável a partir de 100 toneladas de resíduos sólidos, existem fortes resistências a este modelo, isso por ambientalistas que não reciclam  as idéias ou que não se informam.

Há quem defenda os aterros sanitários, isso sim é um absurdo, aterros são bons apenas para quem os constrói, ou o envolvimento de agentes públicos indiretamente. Lembramos que são 20 anos no mínimo de concessão desse serviço e mais 10 anos de monitoramento, então 30 anos de suplício que a natureza nem reclamar pode. Imagine uma fissura na manta que por regra tem garantia de 20 anos, mas depois de colocada não há como verificar continuamente se houve ou não tal fissura, então o chorume entre outros contamina o terreno que por sua vez pode contaminar o lençol freático que contamina as águas e depois o ser humano bebe esta água contaminada e depois não sabemos por qual motivo aumenta consideravelmente os números de câncer em todo Brasil, sabemos que tal doença tem o fator genético, mas não podemos também desprezar esta possibilidade.

Ainda no Brasil é comum vermos resíduos hospitalares sendo enterrados a céu aberto, ou apenas depositados com cal, é incompreensível que isso ainda aconteça, devem os Municípios deixar de dar cargos políticos e passar a usar as qualificações  das pessoas para exercerem funções correlatas , é comum vermos secretários de meio ambiente sem a menor qualificação para tal, apenas por cargo político.

Em tempo não tão remoto um “especialista” deu entrevista a televisão local dizendo que o processo de microondas e autoclave seria o melhor a ser feito com o lixo hospitalar, devemos dizer que ambos não são, infelizmente isso é apenas um paliativo, pois para que se elimine a contaminação deve ser o lixo hospitalar incinerado à temperatura máxima de 1250 C° onde eliminam-se as dioxinas e furanos.

 

Incinerados de resíduos hospitalares de 50 á 500 kg dia.
Incinerados de resíduos hospitalares de 50 á 500 kg dia.
Incineradores de resíduos urbanos com geração de energia de 100 toneladas dia.
Incineradores de resíduos urbanos com geração de energia de 100 toneladas dia.